Destinado a estudantes universitários e profissionais graduados em qualquer área de conhecimento, o curso vai capacitar pessoas para atendimento de visitantes durante as exposições icon

Destinado a estudantes universitários e profissionais graduados em qualquer área de conhecimento, o curso vai capacitar pessoas para atendimento de visitantes durante as exposições



Similar




8ª Bienal do Mercosul abre inscrições para Curso de Formação de Mediadores

Destinado a estudantes universitários e profissionais graduados em qualquer área de conhecimento, o curso vai capacitar pessoas para atendimento de visitantes durante as exposições


A partir do dia 19 de abril estarão abertas as inscrições para o Curso de Formação de Mediadores da 8ª Bienal do Mercosul. O público-alvo é de estudantes universitários cursando a partir do 4º semestre e graduados de qualquer área de conhecimento. As inscrições encerram-se no dia 02 de maio e devem ser feitas através do formulário online, disponível no no site www.bienalmercosul.art.br/mediadores. O trabalho de mediação é remunerado durante o período da Bienal (de 10 de setembro a 15 de novembro de 2011), com carga horária de 4h30min diárias e uma folga semanal.

Das ^ 300 vagas disponibilizadas, 250 são para as turmas presenciais, e 50 para residentes em outras cidades, que acompanharão o curso através do sistema de EAD – Ensino à Distância. Essa modalidade permite maior participação de pessoas que vivem no interior do Rio Grande do Sul e em outros estados do Brasil.

O curso, com início em 25 de maio e término no início do mês de setembro, terá carga horária total de 108h/aula e acontecerá no auditório do Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano (Rua Riachuelo, 1257 – centro – Porto Alegre). Serão disponibilizadas turmas nos turnos da manhã e da noite.

Todas as aulas terão transmissão simultânea e aberta através do site da Bienal, permitindo que, mesmo as pessoas que não tenham interesse em trabalhar como mediadoras durante a 8ª Bienal, possam acompanhar as aulas. Com isso, a Bienal pretende compartilhar conhecimentos com professores, pesquisadores, educadores de museus e instituições culturais e demais interessados.

“O Curso de Mediadores da 8ª Bienal do Mercosul busca funcionar não somente como um seminário de treinamento para o evento, mas como um curso para compreender a natureza da mediação, além de transmitir ao mediador ferramentas que sejam adequadas para poder responder de forma imaginativa, criativa e flexível  ante uma obra, de acordo com o mesmo dinamismo que oferece a arte de hoje”, declara Pablo Helguera, curador pedagógico desta edição.

Durante o curso também está prevista a nova edição do projeto ^ Vivências nas Escolas, que possibilita um contato dos futuros mediadores com escolas da rede municipal de Porto Alegre, parceira desde a 6ª Bienal do Mercosul, e redes de ensino das demais cidades representadas.

A lista com os selecionados será publicada no site no dia 17 de maio. Mais informações pelo email: mediador@bienalmercosul.art.br ou através do telefone 51 3254 7505.


Serviço

Curso para formação de mediadores da 8ª Bienal do Mercosul

Inscrições de 19 de abril a 02 de maio de 2011

Formulário de inscrições no site www.bienalmercosul.art.br/mediadores

Público alvo: profissionais com curso superior completo e estudantes universitários que estejam cursando a partir do 4º semestre, em qualquer área de conhecimento

Número de vagas disponíveis: 300 vagas – 250 para aulas presenciais e 50 vagas através de EAD

Divulgação dos selecionados: 17 de maio, através do site www.bienalmercosul.art.br

Informações: mediador@bienalmercosul.art.br ou 51 3254 7505


^ Para referência – 8ª Bienal do Mercosul

A 8ª Bienal do Mercosul será realizada de 10 de setembro a 15 de novembro de 2011, em Porto Alegre/RS. Sob o título Ensaios de Geopoética, a 8ª edição da Bienal trata da territorialidade e sua redefinição crítica a partir de uma perspectiva artística. Vai reunir cerca de 100 artistas de diversas nacionalidades que desenvolvem obras relevantes para discutir noções de país, nação, identidade, território, mapeamento e fronteira sob os aspectos geográficos, políticos e culturais.

O projeto curatorial está composto por sete grandes ações, abordadas por meio de estratégias expositivas e ativadoras: ^ Casa M, Cadernos de Viagem, Continentes, Além Fronteiras, Cidade Não Vista, Geopoéticas e uma exposição do artista homenageado Eugenio Dittborn.

A Casa M é um dos projetos-chave da 8ª Bienal do Mercosul e será um espaço de encontro para a comunidade artística local, pessoas interessadas em arte e cultura, professores e estudantes de arte e áreas afins. Localizada no centro de Porto Alegre (Rua Fernando Machado, 513), a Casa M abre no final de maio e terá a duração de sete meses. Workshops, conversas, cursos para professores, residências curatoriais, um programa experimental de exposições e apresentações artísticas de diversas linguagens fazem parte da programação. O local contará com um espaço de convivência, biblioteca e sala de leitura, pátio, ateliê, entre outros ambientes.

Os espaços expositivos que irão receber as mostras da Bienal são os ^ Armazéns do Cais do Porto, o Santander Cultural, o MARGS – Museu de Arte do Rio Grande do Sul e diversos espaços da capital e de outras cidades do RS.

Mais de dez cidades do Rio Grande do Sul receberão artistas, obras, exposições e atividades pedagógicas, entre elas Bagé, Caxias do Sul, Ijuí, Montenegro, Pelotas, Santa Maria, Santana do Livramento, São Miguel das Missões e Teutônia.

O Projeto Pedagógico da 8ª Bienal do Mercosul contempla ainda atividades de formação de professores e mediadores, oficinas, palestras, seminários, publicações destinadas a diversos públicos e, especialmente, a programação da Casa M. Agendamento de visitas guiadas, transporte gratuito para escolas públicas e atividades variadas serão oferecidos ao público visitante durante o período da mostra.

A equipe curatorial é composta de sete profissionais latino-americanos: José Roca (Colômbia) – curador geral, ^ Pablo Helguera (México) - curador pedagógico, Alexia Tala (Chile), Cauê Alves (Brasil) e Paola Santoscoy (México) - curadores adjuntos, Aracy Amaral - curadora convidada e Fernanda Albuquerque (Brasil) - curadora assistente.

A logomarca da 8ª Bienal do Mercosul foi criada pelos artistas e designers gaúchos Angela Detanico e Rafael Lain. A construção da marca toma como ponto de partida o Dymaxion map - mapa-múndi criado por Buckminster Fuller - que apresenta os continentes sem fronteiras políticas, formando um poliedro que pode ser montado tridimensionalmente. O poliedro é desmontado e recomposto para formar o ‘8’ que corresponde à oitava edição da Bienal do Mercosul, em fragmentos de território que sugerem um mapa novo e mutável. Nas diversas aplicações da marca, o público poderá ver diferentes configurações, fazendo referência a um território em constante reconfiguração. O mesmo princípio combinatório foi utilizado pelos designers para propor um tipo de letra especial, chamado Polígona, que será usado em todo o material gráfico da Bienal.

Com valor aprovado pelo MINC – Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, o orçamento aprovado para o projeto é de cerca de R$ 18 milhões. Essa edição conta com patrocínio de empresas como a Gerdau – Patrocinadora Master e Banco Santander – patrocinador da Mostra Eugenio Dittborn, e apoio das empresas Crown Embalagens, Lojas Renner e Panvel.

Acesse www.bienalmercosul.art.br para acompanhar as novidades do projeto. Leia o blog dos curadores e acompanhe o dia-a-dia da concepção e produção do evento: www.bienalmercosul.art.br/blog. Siga a Bienal no twitter e no facebook: http://twitter.com/bienalmercosul e www.facebook.com/bienaldomercosul.


^ Fundação Bienal do Mercosul

Criada em 1996, a Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que tem como missão desenvolver projetos culturais e educacionais na área de artes visuais, adotando as melhores práticas de gestão e favorecendo o diálogo entre as propostas artísticas contemporâneas e a comunidade. Nos anos ímpares, a Fundação promove o evento Bienal do Mercosul, reconhecido como o maior conjunto de eventos dedicados à arte contemporânea latino-americana no mundo, oportunizando o acesso à cultura e à arte a milhares de pessoas, de forma gratuita.


Ao longo de sua trajetória, a Fundação Bienal do Mercosul sempre teve como missão a ênfase nas ações educativas e os seguintes princípios norteadores: foco na contribuição social, buscando reais benefícios para os seus públicos, parceiros e apoiadores; contínua aproximação com a criação artística contemporânea e seu discurso crítico; transparência na gestão e em todas as suas ações; prioridade de investimento em educação e consolidação da Bienal como referência nos campos da arte, da educação e pesquisa nessas áreas.


Em catorze anos de existência, a Fundação Bienal do Mercosul realizou sete edições da mostra de artes visuais, somando 444 dias de exposições abertas ao público, 57 diferentes exposições, 3.882.672 visitas, acesso totalmente franqueado, 1.034.898 agendamentos escolares, 180.089 m² de espaços expositivos preparados, áreas urbanas e edifícios redescobertos e revitalizados, 3.664 obras expostas, intervenções urbanas de caráter efêmero e 16 obras monumentais deixadas para a cidade, 138 patrocinadores e apoiadores ao longo da história, participação de 1.261 artistas, mais de mil empregos diretos e indiretos gerados por edição, além de seminários, palestras, oficinas, curso para professores, formação e trabalho como mediadores para 1.248 jovens. A Diretoria e os Conselhos de Administração e Fiscal da Fundação Bienal do Mercosul atuam de forma voluntária.


Todos os eventos e ações da Fundação são oferecidos gratuitamente ao público, com recursos incentivados por uma grande rede de patrocinadores, parceiros e apoiadores.

Assessoria de imprensa - Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul

Fone: + 55 51 3254 7533 / email: imprensa@bienalmercosul.art.br

Sala de Imprensa, Banco de imagens em alta resolução e outras informações no site: www.bienalmercosul.art.br.








Download 21.03 Kb.
Date conversion23.10.2013
Size21.03 Kb.
TypeДокументы
Place this button on your site:
end.exdat.com


The database is protected by copyright ©exdat 2000-2012
При копировании материала укажите ссылку
send message
Documents